A Esposende Ambiente, EM, em parceria com a empresa municipal Esposende 2000, está a implementar o projeto E-Move, um conjunto de ações que visam fomentar a promoção da mobilidade sustentável no concelho, por forma a prosseguir e implementar o eixo temático «Descarbonizar a Sociedade», no domínio da mobilidade sustentável e estimular a colaboração entre agentes de Educação Ambiental, promovendo sinergias e otimizando recursos disponíveis no âmbito do Fundo Ambiental.

O projeto E-MOVE – Projeto de Promoção da Mobilidade Sustentável em Esposende pretende promover uma maior consciência ambiental dos munícipes no que diz respeito às alterações climáticas, principalmente à necessidade de todos contribuirmos para a redução da emissão de gases com efeito de estufa, decorrente do setor dos transportes, destacando o papel individual e coletivo na implementação de soluções de mobilidade ativa e suave no território.

O projeto E-MOVE tem também como objetivo a sensibilização dos munícipes e visitantes para as vantagens associadas a práticas de mobilidade mais amigas do ambiente, destacando o papel das ecovias enquanto infraestruturas dinamizadoras e potenciadoras de boas práticas de mobilidade, nomeadamente ao nível das pequenas deslocações do quotidiano.

Este projeto de promoção da mobilidade sustentável em Esposende estrutura-se em três eixos de intervenção, que se suportam e complementam, a saber:

  • Divulgação e dinamização do projeto - produzir e distribuir folhetos informativos, produzir um vídeo e lançar concurso de ideias junto da comunidade escolar;
  • Valorização do Centro de Educação Ambiental (CEA) - Equipar o CEA com um carro elétrico e dotar a exposição "Ambiente Interativo" com um módulo interativo sobre mobilidade sustentável;
  • Incentivo aos munícipes, banhistas e turistas - produzir e distribuir brochuras, distribuir merchandising, colocar estacionamento para bicicletas em pontos-chave das ecovias e acesso às praias, realizar caminhadas e passeios de bicicleta pelas ecovias do concelho.

Para além disso, enquadra-se no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Agenda 2030 da ONU, em particular no que diz respeito ao ODS 11 “Cidades e Comunidades Sustentáveis” e ODS 13 “Ação Climática”, mas também o ODS 3 “Saúde de qualidade”, atuando ao nível da promoção de hábitos de vida saudáveis, que também são objetivos estratégicos do Município de Esposende e da Esposende Ambiente no âmbito da sua politica de sustentabilidade.

 

 

 

Questionário E-MOVE

Material de Comunicação e Divulgação

Trabalhos concurso “E-MOVE põe Esposende a mexer”

As praias de Apúlia, Ofir, Suave Mar e Cepães, foram galardoadas novamente com a Bandeira Azul da Europa para a época balnear 2017, reunindo, assim, todos os requisitos que lhes permitem uma oferta turística e ambiental de qualidade, realizando-se nas mesmas, em contexto desse galardão, várias atividades de educação ambiental, promotoras de sensibilização para a adoção das melhores práticas e de uma atitude adequada perante estes locais de excelência e seus ecossistemas.

Já Apúlia e Cepães viram ser atribuído também o galardão de Praia Acessível, relevante na medida em que estas praias se encontram dotadas das infraestruturas requeridas para pessoas com mobilidade condicionada, existindo nas mesmas também disponíveis equipamentos (cadeiras anfíbias) que lhes permite usufruir de banhos de mar em condições adequadas.

À semelhança dos anos anteriores, a Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza identificou as águas balneares em Portugal como tendo Qualidade Ouro, e que ao longo dos últimos cinco anos apresentam sistematicamente boa qualidade ou qualidade excelente. A Quercus distinguiu seis praias em Esposende, nomeadamente Apúlia, Cepães, Ofir, Suave Mar, Ramalha e Rio de Moinhos, pelo que mais uma vez se demonstra que o concelho continua a ser um excelente destino balnear. 

Mas, e para além destes aspetos, importa ainda salientar que, numa perspetiva de melhoria da segurança dos utilizadores das praias do concelho, a Câmara Municipal promove a vigilância e o salvamento marítimo em zonas que apresentam um uso intensivo, apesar de não estarem associadas a nenhuma concessão de praia. Não obstante não constituir sua responsabilidade, a autarquia disponibiliza nadadores-salvadores nas zonas de Pedrinhas/Cedovém, em Apúlia, e Suave Mar-Foz, na cidade de Esposende.

Como nota final, informa-se que os resultados das análises à qualidade das águas balneares poderão ser consultados através do sítio da internet da Agência Portuguesa do Ambiente em www.apambiente.pt.


As praias de Apúlia, Ofir, Suave Mar e Cepães, voltam a figurar entre as galardoadas com a Bandeira Azul da Europa, para a época balnear 2018, repetindo a distinção dos anos anteriores.

Ao reunir todos os requisitos que permitem uma oferta turística e ambiental de qualidade, reforçando a condição de destino balnear de excelência, Esposende distingue-se, ainda, ao inscrever as praias de Apúlia e Cepães, a quem foi atribuído o galardão Praia Acessível, entre as praias do país que estão preparadas para receber pessoas com mobilidade condicionada.


A atribuição do galardão Bandeira Azul às quatro praias de Esposende representa a confirmação do cumprimento de um vasto conjunto de critérios, nomeadamente de qualidade da água, de segurança e serviços, de gestão ambiental e equipamentos e de informação e educação ambiental. Neste último ponto, o município, com a colaboração da empresa municipal Esposende Ambiente, promoverá a realização de atividades de educação ambiental, reforçando a sensibilização para a defesa destes locais e dos seus ecossistemas.


O programa Bandeira Azul para 2018 incide no tema “O Mar que Respiramos”, uma vez que 50% do dióxido de carbono lançado na atmosfera é absorvido pelos oceanos e 70% do oxigénio da Terra é produzido pelo plâncton marinho. O papel das florestas marinhas é, pois, fundamental e urge preservar e valorizar tal património natural.


Esposende apresenta simultaneamente, seis praias cujas águas apresentam os melhores resultados em termos de qualidade, conferindo-lhe o grau “Qualidade Ouro”, distinção feita pela Quercus, Associação Nacional de Conservação da Natureza. As praias de Apúlia, Ofir, Cepães, Ramalha, Rio de Moinhos e Suave Mar voltaram a merecer tal distinção.

Associado à qualidade das praias, o Município de Esposende aposta, ainda, no reforço da vigilância e salvamento marítimo através de meios humanos, mas também com inovações técnicas, como é o caso das boias de salvamento que permitem, em casos de pré-afogamento, que qualquer pessoa possa socorrer a vítima.

Como nota final, informa-se que os resultados das análises à qualidade das águas balneares poderão ser consultados através do sítio da internet da Agência Portuguesa do Ambiente em www.apambiente.pt.

A época balnear arranca, em Esposende, a 15 de junho e prolonga-se até 16 de setembro.

Para mais informações sobre Bandeira Azul e Praia Acessível, consulte os links abaixo. 

 

A Fatura Eletrónica contém toda a informação que está habituado a receber em papel. 
Tem o mesmo valor legal que o documento em papel, cumprindo as referências obrigatórias para qualquer fatura e garante autenticidade da sua origem e integridade do seu conteúdo

A Esposende Ambiente presta esse serviço.

Como aderir?
Para poder aderir a este sistema basta que tenha uma conta de e-mail e siga as instruções!

Adira já, registe-se e ganhe um desconto de €0,20 (vinte cêntimos) por mês na sua fatura da água.

Contribua para as boas práticas ambientais, recebendo comodamente a sua fatura em formato eletrónico no seu correio eletrónico, mais cedo do que a receberia em suporte de papel.
Deixe de se preocupar com o arquivo das faturas e contribua ainda para um Ambiente melhor ao evitar o abate de árvores!

ADIRA JÁ!