Voluntários recolhem 6 toneladas de resíduos nas praias e zonas ribeirinhas do concelho

Cerca de 6 toneladas de resíduos foram recolhidas das praias, dunas e estuários do concelho de Esposende na ação de voluntariado ambiental, que decorreu no passado dia 22 de março, envolvendo a participação de aproximadamente 300 voluntários.

Apesar das condições climatéricas adversas, estes voluntários, de várias faixas etárias e oriundos de várias localidades, quiseram colaborar nesta grande ação de limpeza, que envolveu diversas entidades e associações. Para além da Esposende Ambiente, da Câmara Municipal de Esposende, do Parque Natural do Litoral Norte, da Surfrider Foundation Porto e da Associação Rio Neiva, a iniciativa contou também com a colaboração e participação dos Grupos de Escuteiros do concelho, da Esposende Surf Team, das Juntas de Freguesia e da Associação Assobio, entre outros. A Junta de Freguesia e algumas associações de Castelo do Neiva – Viana do Castelo também se juntaram a esta causa, concretamente na margem direita do Rio Neiva.

A ação de limpeza abrangeu toda a faixa costeira do concelho, desde a Foz do rio Neiva, em Antas, até à Praia da Ramalha, em Apúlia, já perto do limite com o concelho da Póvoa de Varzim, numa extensão de aproximadamente 8 km.

O inverno rigoroso e as sucessivas tempestades deixaram a sua marca e “devolveram” muitos dos resíduos arrastados pelos rios e linhas de água. A força do mar também empurrou para terra muitos artefactos utilizados normalmente pelos pescadores. Com a colaboração e a boa vontade de todos os participantes, foi possível retirar das praias e dunas tão elevado volume de resíduos, o que contribuiu para preservar os habitats abrangidos e melhorar significativamente a imagem destes locais.

O avançado estado de degradação de muitos resíduos condicionou a sua separação no local, tendo sido sobretudo recolhidos separativamente os materiais ferrosos.

O balanço da iniciativa é bastante positivo, atendendo à quantidade de resíduos recolhidos e ao elevado número de participantes que, individualmente e coletivamente, contribuíram para o sucesso desta ação de limpeza e mostraram um forte empenho na realização das tarefas propostas, muitas das quais exigiram bastante esforço físico.

Devido ao mau tempo, as atividades de limpeza agendadas para o dia 21 de março foram anuladas. Contudo, os estabelecimentos de educação e ensino inscritos manifestaram intenção de participar numa ação idêntica, que terá lugar previsivelmente no início do 3.º período letivo, para que todos tenham oportunidade de dar o seu contributo em prol desta causa.